PBN, Fortaleza Social, Black Hat SEO, SEO Negativo, Money Site, Mini-Sites e Afins: ENTENDA TUDO HOJE

White-Hat-Black-Hat-Google

Talvez tudo isso possa parecer sem nexo algum para você. Mas acontece que na verdade há uma linha que liga todos esses temas, que é exatamente o posicionamento em buscas orgânicas. Quando se fala em buscador web não há como não pensar automaticamente no doutor Google, portanto vou usá-lo para explicar para você como essas coisas se interligam. Fica, porém, subentendido que o mesmo vale para os demais buscadores como Bing e afins.

Se você efetua uma busca no Google por um dado termo, por exemplo “Jóias raras”, o que vai definir o que o buscador vai exibir primeiro? Pois é, para isso o Google possui um motor de indexação e classificação de sites. Trata-se de um complexo sistema automatizado que considerando vários fatores vai determinar o que é mais relevante para dada busca. Então, com base no que o usuário pesquisou, o Google vai tentar exibir para ele aquilo que o satisfará.

Acontece que como trata-se de um robô, nem sempre essa classificação e indexação é certeira. Há vários casos de erros, falhas, etc. O objetivo do Google é sempre apresentar conteúdo de qualidade mais relevante na frente de outros resultados, mas isso nem sempre acontece. O famigerado caso do Pudim é ideal para exemplificar isso. Veja a imagem abaixo:

Pudim

Como você pode ver há aproximadamente um milhão oitocentos e cinquenta mil resultados para a palavra “pudim”. Acontece que na primeira página de resultados você vai encontrar um site sem conteúdo, que é o pudim.com.br. Veja na imagem:

caso pudim

Esse site não possui conteúdo algum, apenas uma imagem tosca de um pudim. Então por que o Google colocou ele na frente de mais de 1.800.000 outros sites? Ora, o Google é um robô, e segue regras de classificação. Então se você conhece um pouco sobre essas regras poderá utilizá-las a seu favor. Isso é chamado de SEO: SEARCH ENGINE OPTIMIZATION (Otimização para motores de busca)

SEO e Black Hat SEO

Há algum tempo eu achava black hat SEO totalmente desonesto, mas após algumas pesquisas e conversas com amigos mudei totalmente de opinião. Se você é desses que vira a cara logo que ouve falar de Black Hat SEO, sugiro que continue lendo para entender melhor, mas leia esse texto com a cabeça aberta para novas ideias. Combinado?

O Google prega que você deve criar conteúdo de qualidade e o resto é automático, mas isso não ocorre dessa forma. O Google não tem capacidade suficiente para definir o que realmente é um conteúdo de qualidade, vide o caso do “Pudim” que já citei. Então, se você apenas criar conteúdo de qualidade, pode nunca chegar à primeira página dos resultados das buscas, pois os seus concorrentes vão estar usando Black Hat SEO e forçando o Google a considerá-los mais relevantes que o seu artigo.

Mas o que o Google leva em consideração? Diversos fatores, meu amigo. Como por exemplo quantidade e qualidade de backlinks, texto âncora dos backlinks, Rejeição, Cliques, Acessos, Etc. E tudo isso é simulável. Black Hat SEO trata-se exatamente de simular fatores consideráveis pelo doutor Google para fazê-lo considerar seu site mais relevante que o site dos concorrentes.

Black Hat SEO Dá Penalização?

Pode dar, mas ninguém está livre de ser penalizado e perder posições nas indexações. Mesmo que você nunca tenha feito Black Hat SEO, seu site pode perder posições. Quem nunca viu seu site despencar após uma atualização de algorítimo do Google? Pois é. Além disso, como você vai conseguir concorrer de igual para igual com aqueles que estão lançando mão de Black Hat SEO? Sem falar do SEO Negativo, que explicarei mais à frente.

Todavia, existem níveis de Black Hat SEO. Há técnicas mais agressivas e técnicas mais lights. Algumas pessoas fazem assim: criam novos sites e nestes mandam ver o mais agressivo nível de Black Hat SEO possível, pois o objetivo é conseguir rapidamente subir posições no Google, e caso haja uma penalização, abandona-se esse site e parte para outro. Isso pode ser chamado de Técnica dos Mini-Sites, também chamada de Money Sites.

SEO Negativo

SEO Negativo (também conhecido como Reverse SEO) é uma técnica muito sacana onde o malvado em vez de melhorar o SEO do próprio site, trabalha para prejudicar o SEO dos concorrentes. Mas como se prejudica o SEO de um site? Ora, tudo o que pode levar a uma penalização por parte do Google pode servir para esse nefasto propósito. Por exemplo, alguém poderia criar back links de baixa qualidade apontando para o seu site; alguém poderia hackear seu site e instalar um vírus nele; alguém poderia sobrecarregar seu site com ataques do tipo DDoS; alguém poderia entrar em contato com os donos de sites onde você possua back links e solicitar a remoção em seu nome; etc, etc.

Então, mesmo que você não faça Black Hat SEO, alguém pode estar fazendo SEO Reverso para prejudicá-lo.

Mini-Sites / Money Sites

Tratam-se de sites pequenos, com poucas páginas (5 a 10) e com um objetivo simples: Ganhar Dinheiro (fazer vendas). Aqui não tem segredo, você primeiro escolhe um produto para divulgar, depois investiga qual é o melhor termo de busca (número de buscas, se é um termo quente, etc), registra um domínio e cria o site com as páginas. A ideia é tornar esse site o mais relevante aos olhos do GOogle para o termo de pesquisa que você escolheu. Então, como o site inteiro vai ser focado nesse termo e correlacionados, não será muito difícil torná-lo o mais relevante.

Há um excelente curso que explica todo esse processo passo a passo, que é o ~> Google Atirador de Elite

Então vai chegar uma hora que você vai ter, sei lá, 10 mini-sites focados em termos específicos e bem posicionados no Google, nessa hora o barulhinho de CASCH no seu celular não vai parar (kkkk).

O que é PBN

PBN (Private Blog Network) é uma rede privada de blogs. A técnica consiste em ter vários sites de nichos relativos com links apontando para o site principal (Money Site). Esses sites precisam ser criados com uma certa discrição para que o Google não desconfie que são seus. Por exemplo, se você criou lá 10 blogs sobre “Jóias raras” e eles já tem uma certa autoridade, você tem aí uma boa rede de blogs. Então bastaria criar um mini-site de algum produto relacionado a isso e nesses blogs por um link apontando para o Money Site. Claro que tudo deve ser feito com critérios, seguindo as boas práticas para evitar ser detectado e consequentemente penalizado.

Há também pessoas que alugam links em PBNs, então em tese você poderia alugar links provindos de uma PBN para alavancar o SEO do seu Site.

Fortaleza Social e Sinais Sociais

Quando você começa a criar back links manualmente é bom também criar sinais sociais. Sinais sociais são “Likes”, “Compartilhamentos”, “Tweets” em redes sociais. Isso ajuda na tarefa de fazer o Google acreditar que esses links que estão surgindo para o seu site são realmente naturais. Não é normal um site começar a ter vários backlinks de outros sites porém nada de sinais sociais. Então nada como Criar uma Fortaleza social até mesmo antes de começar a criar links de volta em sites, pbns, etc.

Existem formas de simular isso também, forçando curtidas, tweets e compartilhamentos em redes sociais. Não vou entrar em detalhes de como conseguir isso, pois não é o objetivo desse artigo, blz.

Como essas coisas se ligam?

Se você não conseguiu ainda captar a ligação entre tudo isso, leia o texto abaixo para entender melhor:

  1. Você quer ganhar dinheiro através de tráfego orgânico, então você escolhe um produto para promover, encontra a melhor palavra-chave, registra um domínio, contrata uma hospedagem web, e cria o seu site otimizando-o o máximo possível.
  2. Uma vez que o site está pronto e otimizado (seo on page) é hora de cuidar de SEO externo (SEO Off page). Aqui você pode começar com sinais sociais para construir sua fortaleza social.
  3. Agora que sua fortaleza está pronta, você pode começar a trabalhar a construção de links (link building) para seu site através de redes de blogs grátis. No caso, você pode criar sites de apoio em sistemas gratuitos como o blogspost, wordpress, wix, etc. Também é possível entrar em contato com donos de blogs e sites do mesmo nicho ou relativo e negociar um link para seu site. Guest Post também serve.
  4. Agora você pode começar a colocar links das suas PBNs ou de PBNs alugadas, apontando para seu Money Site. Quem for Criar uma PBN, vai precisar aprender a encontrar bons domínios expirados, e para isso nada melhor que este curso: Expired Domains

Bom, grosso modo podemos dizer que é isso, mas claro, isso vale apenas para você entender como as coisas se ligam, um curso prático vai ensinar etapa por etapa como fazer cada coisa.

Conclusão

Tentei explicar aqui de forma simplificada o conceito de algumas técnicas e termos utilizados no submundo do SEO. Mas se você quer ir a fundo e aprender mesmo como colocar em prática, o melhor curso de Black Hat SEO aqui do Brasil é esse aqui: Darkentopolis e outro curso que vai ajudar muito é o Google Atirador de Elite

Antes de encerrar, quero quebrar aqui a principal objeção de quem fala mal de Black Hat SEO, que é exatamente a alegação de que o Google pode Penalizar o site. É o seguinte, Qualquer site pode ser penalizado, mesmo sem praticar Black Hat SEO. Inclusive nesse exato momento alguém pode estar trabalhando um SEO Reverso para “phoder” com o seu site. E mesmo que você não queira usar Black Hat SEO no seu site principal, qual problema em criar novos sites para praticar e aprender sobre isso? E correr o risco de ganhar mais dinheiro, diga-se de passagem. 😀

Ah! e não acredite cegamente naquele seu amigo que fala mal de Black Hat SEO e lhe aconselha a ficar bem longe disso, pois ele pode ser um Black Hater inconfesso, tal qual a maioria dos praticantes atuais.

Em todo caso, sou um mar de compreensão, e vou entender seu ponto de vista, então pode deixar seu comentário abaixo tranquilamente, mesmo que ele seja divergente de tudo o que eu escrevi aqui.

About This Author

Webmaster com interesse principalmente nas áreas: Web Marketing, Wordpress, Otimização de Sites (SEO), PHP. Criador do <strong>Hot Links Plus</strong> e do <strong>Face Conversion</strong> <a href="http://ganhardinheiroblog.net/sobre">Veja mais sobre mim Aqui</a>

5 Comments

You can post comments in this post.


  • Anderson parabéns pela sua colocação sobre um assunto que existem muitas controversas. Porém você falou a verdade, existem muitas pessoas que se dizem condenar a prática do Black Hat, e só vivem fazendo tal prática.
    Infelizmente quando se trata de negócio online tudo se torna arriscado, pois vários fatores independem de você mesmo.
    Você explicou de forma muito clara e precisa, todos vão saber o que é o certo ou o errado na concepção de cada um.
    Pois na verdade nesse assunto não existe certo ou errado, e sim vale ou não vale a pena aplicar.
    Um forte abraço
    Reginaldo Oliveira.

    Reginaldo Oliveira 1 ano ago Reply


    • Reginaldo, valew pelo comentário! Abraços!

      Anderson Makiyama 1 ano ago Reply


  • Olá Anderson, tudo bem?

    Uma explicação inteligente e coerente valem mais do que supostas alegações. Tudo realmente dependo do ponto de vista. No decorrer do post e a pós a sua conclusão ficaram bem claro que a prática pode ser usada para o bem. Agora o modus operandi é que determina o certo do errado.

    Muito bom o artigo, meus parabéns!

    Jan Carle

    Jan Carle 1 ano ago Reply


    • Valew Jan Carle, sucesso!

      Anderson Makiyama 1 ano ago Reply


  • Olá Anderson,

    Parabéns pelo artigo que foi bem esclarecedor em relação a Black Hat SEO.

    A verdade é que não se tem garantia nenhuma no que diz respeito a ser penalizado pelo Google então acho válido adquirir também esse conhecimento .

    Agora cada um tem consciência do que faz. Mas fica uma questão. Será que aqueles que se dizem totalmente contra a técnica não estão utilizando para se manter no topo?

    Sei não. rs

    Obrigado!

    Danilo 1 ano ago Reply


Post A Reply