A Hipocrisia dos ditos Gurus do Dinheiro na Internet: Comprar Backlink ou Não

comprar backlinks ou nao

Quando você tem um certo tempo no ramo ganhar dinheiro na internet, começa a perceber controvérsias entre o que um sabichão diz e o que ele indica para seus seguidores. Por exemplo, na polêmica questão da compra de backlinks, muitos desses ditos experts da internet deixam claro em seus blogs que isso não deve se feito jamais, que os backlinks devem aparecer espontaneamente sem você forçar a barra. Até aí nada de controverso, porém estes mesmos blogueiros indicam com toda sua energia cursos online que irão ajudar você; cursos esses que vão te ensinar que sim, é para você comprar backlinks.

No caso, alguns dos cursos sobre marketing e dinheiro na internet que tem bombado recentemente (1 ano pra cá) são: Segredos do Adsense e também o Segredos da Audiência. Em ambos, a compra de links é altamente indicada, claro que com discrição.

Então, meu amigo(a), se você é seguidor de algum blog que condena veementemente a compra de links de volta (backlinks), mas indica os cursos que eu citei acima, saiba que você está seguindo um hipócrita.

Comprar Links de Volta ou Não

A Hipocrisia dos ditos Gurus do Dinheiro na Internet Comprar Backlink ou Não

Segundo o Google, isto é uma prática proibida (black hat) e jamais deve ser feita. Ora, sabemos que o Google utiliza como um dos fatores para definir a qualidade de uma página exatamente a qualidade e quantidade de links externos que apontam para a mesma. Então, comprar backlinks é visto como uma trapaça aos olhos do Google. O problema é que muitos sites e blogueiros estão fazendo exatamente isso, comprando links na surdina. Seria ideal se ninguém comprasse backlinks, assim sendo, a concorrência seria justa, mas dada a situação do jeito que está, não há como concorrer de igual pra igual com esse pessoal. Ou há?

Conclusão

Se você não vai comprar links de volta, ótimo. Você não está errado. Inclusive, você nunca correrá o risco de ter o site penalizado pelo motivo de descoberta ou suspeita de links de volta não naturais apontando para teu site — por parte do Google. Sinceramente não me importo se você vai comprar backlinks ou não — esta deve ser uma decisão sua e só sua –, mas se você é defensor dos bons costumes e defende a não compra de backlinks em teus artigos, ao menos não indique cursos que ensinam exatamente o contrário. Isso é hipocrisia e faz qualquer um desacreditar de tudo que você escreve. Ou será que estes ditos gurus dos programas de afiliados da internet nem se dão ao trabalho de adquirir e estudar (ler o material ou ver os vídeos) os cursos que eles indicam em seus ilustres sites. Seria isso: “Faça o que eu digo, não faça o que eu faço”? Aliás: “Faça o que eu digo, não faça o que eu indico”. Ah, faça-me um favor: não seja hipócrita.

About This Author

Webmaster com interesse principalmente nas áreas: Web Marketing, Wordpress, Otimização de Sites (SEO), PHP. Criador do <strong>Hot Links Plus</strong> e do <strong>Face Conversion</strong> <a href="http://ganhardinheiroblog.net/sobre">Veja mais sobre mim Aqui</a>

11 Comments

You can post comments in this post.


  • Pois é Anderson, muitos só querem é encher os bolsos e não estão nem aí. É bom informar o pessoal para que não se iludam ou fiquem confusos com informações díspares.

    Paulo 3 anos ago Reply


  • Anderson Jamais comprarei backlink e não confio nenhum guru oriundo da internet prefiro ser mais pé no chão muito melhor!

    antonio 3 anos ago Reply


  • Oi Anderson, eu recebo quase que semanalmente email solicitando a venda de links em meus blogs/sites, mas nunca aceitei. Devido eu saber dessas regras do google. Se é pra fazer o certo, vamos fazer o certo! Abraço e Sucesso!

    Marcos Martins 3 anos ago Reply


    • Marcos, você pode vender links e espaços publicitários (banners) e mesmo trabalhar com artigos patrocinados sem ser penalizado pelo Google. Para isso, basta adicionar o atributo nofollow nos links (Veja mais sobre nofollow e dofollow aqui: http://fazer-site.net/usar-links-nofollow-ou-dofollow-no-site/)

      Anderson Makiyama 3 anos ago Reply


      • o certo é obter backlinks naturais, certo. O que é natural pra você? 100 em 1 site adiciona o nosso link em seus sites sem que pedimos. Você acha que escrever artigos e colocar o link do vosso site neste artigo e fazendo isso incontaves vezes você está fazendo o certo? Não, isso não é certo. Criar outros sites e adicionar um link de seus sites um no outro é certo? Não, não é…Nada parece ser certo, a não ser se realmente uma pessoa adicionar seu link no site dele sem que você peca, isso é a única coisa que vale para o google. Mas temos que viver para o google? Enquanto eles ganham bilhões ao ano, nós miseráveis tentemos obter alguns backlinks seja de forma certa ou errada para ganhar alguns cliques ou reais…
        E outra amigão, se você criar backlinks em sites com a rel=nofollow para otimizar seu site, você só vai perder tempo porque o google não dá crédito para o nofollow, onde nofollow já diz ao google, não segui. Nofollow=não seguir
        Cada um faz o que quer né…

        nanda 2 anos ago Reply


        • Exato, cada um faz o que quer. Quem sou eu ou você para decidir por todos o que se deve fazer? Até mesmo os motores de busca estão sempre atualizando seus algoritmos, práticas que hoje são boas amanhã já podem ser consideradas trapaças, e vice-versa.

          Anderson Makiyama 2 anos ago Reply


  • Mesmo que os resultados sejam ótimos, mas ainda assim prefiro não comprar, eu acredito mesmo, é no trabalho, escrever ótimos artigos, essa é uma das melhores técnicas de SEO e infelizmente ignorada por muitos!Abraço e sucessos a todos!

    Paulo Santos (Renda Na Internet) 3 anos ago Reply


  • Temos que tomar muito cuidado com essa técnica de black SEO, e conhecer melhor o trabalho desses guris na internet que falam uma coisa mas fazem outra.

    É sempre bom pesquisar sobre a pessoa por trás de quem escreve e aquilo que ela faz.

    Pauline Gonçalves 3 anos ago Reply


  • gostei das dicas, abraço

    backlinks 7 meses ago Reply


Post A Reply