Como Escrever Artigos em Blogs. Ou: O conteúdo é Rei

Como escrever artigos em blogs o conteudo e rei

É comum os blogueiros profissionais terem na ponta da língua a frase: “o conteúdo é rei”. Mas você já parou para pensar como fazer para se escrever artigos em blogs de forma realmente nobre? Pois é, pensando nisso escrevo hoje este artigo, citando alguns pontos que julgo essenciais ter em mente quando estiver criando artigos no seu blog.

o conteudo é rei

Vejamos alguns pontos:

Escreva sobre aquilo que você domine bem

Para um artigo ser realmente útil para o leitor, ele deve possuir um conteúdo realmente informativo. Não adianta de nada você escrever um artigo com 3 mil palavras, mas que só enrolam os leitores. Bem melhor seria se você escrevesse um artigo com menos palavras, mais objetivo, e deveras mais informativo.

Claro que, se há bastante conteúdo a ser exposto, não há problema em escrever um artigo com 3 mil palavras. O que é preciso deixar claro é que escrever longos artigos unicamente para agradar o Google, no final das contas não surtirá o efeito esperado. Pois muitos leitores, ao perceberem que você está apenas enrolando eles, acabarão por abandonar seu blog sem pestanejar.

A melhor forma de evitar o erro de se escrever artigos inócuos é exatamente escrever sobre aquilo que você domina bem, sobre aquilo que você tem conteúdo de sobra para expor em seus blogs. Do contrário, você estará sempre correndo o risco de estar apenas enrolando o seu leitor.

Segmente o Artigo em seções

Um artigo segmentado por subtítulos fica muito mais claro. Colocar subtítulos facilita sim o entendimento e torna a leitura mais prática, pois o leitor poderá ler apenas a parte que ele realmente tem interesse. Lembre-se: você está escrevendo um artigo e não um livro. Caso o seu artigo seja de um tema muito vasto, divida o conteúdo total em dois ou mais artigos e coloque em cada um deles um título bem relativo àquela parte do texto. Você pode dividir partes de um texto com subtítulos <h2>Subtítulo Aqui</h2>. Ou ainda colocando o subtítulo em negrito, assim: <strong>Subtítulo Aqui</strong>.

Use mídias alternativas ao Texto

Sempre que for possível utilize também mídias alternativas ao texto básico. Por exemplo, sempre que possível, coloque imagens ou vídeos no seu artigo. Muitos leitores preferem ler artigos que contam com essas mídias alternativas em detrimento do texto puro. Como já dizia Confúcio: “UMA IMAGEM VALE MAIS QUE MIL PALAVRAS”

Atenção! Não exagere no uso de imagens. Encher seu artigo com imagens desnecessárias e excessivas pode tornar-se um desserviço. Ter muitas imagens tornarão sua página lenta (demorada para ser definitivamente carregada no navegador web e exibida ao usuário); e como bem sabem os experts em SEO, páginas rápidas no carregamento são vistas com bons olhos pelo indexador do Google — ou Googlebot (robô de rastreamento da web do Google).

Outro fator que devemos considerar é o consumo de transferência de dados disponibilizada pela empresa onde você hospeda seu site. Imagens em excesso irão consumir bastante banda de transferência do seu servidor web, podendo até chegar a exceder o limite pré-estabelecido e levar seu site a uma suspensão. Claro que se você possui um servidor web dedicado ou mesmo um VPS (semi-dedicado), não haverá limite de consumo de banda de transferência. Contudo, é verdade que a maioria dos blogs são hospedados em servidores compartilhados e, portanto, possuem tal limite.

Em suma, é importante utilizar mídias alternativas ao texto no teu artigo, mas com moderação.

Leia o que você escreve. Ou: Evite erros hediondos

Quando estamos escrevendo, não raro cometemos erros de gramática. É bastante importante ler o texto quando terminamos de escrevê-lo, pois durante a leitura você notará com facilidade erros hediondos que podem ter passado desapercebidos durante o processo de escrita. Além disso, quando estamos lendo, percebemos com mais facilidade erros de concordância verbal, por exemplo. Não é à toa que “Escreveu não leu, o pau comeu” é utilizado como sinônimo de “deixar algo faltando”.

Uma ótima dica para melhorar sua escrita é você ler bastante livros. Textos encontrados na internet nem sempre são confiáveis, salvo se você conheça bem o autor dos mesmos e confie na escrita dele. Por conta disso, é preferível ler livros, pois é muito mais raro encontrar erros gramaticais em livros de que em textos publicados em páginas da internet. Quando se fala em chat, facebook, email, e outros meios de comunicação rápida online, as probabilidades de estar lendo um texto com erros é muito grande. Se você ler uma palavra errada várias vezes durante algum tempo, e não perceber que ela está errada todas as vezes que a lê, teu cérebro pode acabar registrando a grafia errada dela. A partir daí, além de você ler a palavra errada, começará também a escrevê-la erroneamente. Isso justificaria encontrarmos tantas ocorrências de “geito”, “entitulado”, “fudido”, etc. sem falar dos erros de concordância, como “haviam várias”, “já é 2 horas”, “tu é inteligente”, etc.

About This Author

Webmaster com interesse principalmente nas áreas: Web Marketing, Wordpress, Otimização de Sites (SEO), PHP. Criador do <strong>Hot Links Plus</strong> e do <strong>Face Conversion</strong> <a href="http://ganhardinheiroblog.net/sobre">Veja mais sobre mim Aqui</a>

3 Comments

You can post comments in this post.


  • Muito boas as dicas Anderson. A gente encontra muitos blogs de péssima qualidade na internet, cheio de erros e sem conteúdo bom. Tomara que esta informação contida nesta página chegue até esse pessoal, e tomara que eles de uma vez por todas tenham vergonha na cara e vão estudar antes de sair “arrotando desinteligência” pela internet.

    Paulo 3 anos ago Reply


  • Anderson tem horas que isso quando escrevo as pressas possivelmente duuante algumas semanas preciso de parar de fazer post e criar folego em ler livros mesmo vou fazer isso!

    antonio 3 anos ago Reply


  • Excelente artigo! Seguindo essas dicas, seremos capazes de escrever ótimos artigos, realmente a pressa é uma inimiga, o conteúdo de nossos sites e blogs, são essenciais, então deverá ser um artigo de qualidade para nossos leitores!

    Paulo Santos (Renda Na Internet) 3 anos ago Reply


Post A Reply